Faça a sua pesquisa

Faça a sua pesquisa

Pureza Mello Breyner Atelier

Pureza Mello Breyner Atelier

Bem no centro de Lisboa, o nosso atelier conta com as mãos experientes de costureiras apaixonadas pelo seu trabalho, por onde já passaram centenas de histórias felizes.

Ver Telefone Enviar Mensagem
Avenida Guerra Junqueiro, 13, 5ºdto. 1000-166 - Lisboa, Lisboa
Bem no centro de Lisboa, o nosso atelier conta com as mãos experientes de costureiras apaixonadas pelo seu trabalho, por onde já passaram centenas de histórias felizes.

O Atelier:

Bem no centro de Lisboa, o nosso atelier conta com as mãos experientes de costureiras apaixonadas pelo seu trabalho, por onde já passaram centenas de histórias felizes.
As noivas que procuram algo diferente e mais alternativo, encontram aqui o seu lugar. Não as queremos todas iguais, não somos uma cadeia de lojas, tratamos as nossas noivas e as suas famílias pelo nome.
Cada vestido que sai do atelier é único, tem uma história para contar e é personalizado ao máximo. Cada prova é mais um passo num percurso tão seu, tão nosso.
Temos ainda todos os acessórios necessários: saiotes, véus, sapatos, toucados e também vestidos para todo o tipo de convidadas.



 

A Pureza:

Nunca me imaginei noutro sítio que não este. Sempre quis fazer vestidos de noiva e o curso de Design de Moda, tirado em Lisboa, depois de um ano sabático em Londres, deu início a este percurso. Casei, estagiei, tive três filhos e dei por mim a trabalhar para uma empresa gigantesca que produzia roupa em massa. Tudo igual, duas colecções por ano, t-shirts, calças, camisas... Não queria isso para mim. Decidi abrir o meu atelier, ainda em casa e quando dei por mim, tinha à minha volta uma equipa maravilhosa, num atelier de sonho, bem no centro da cidade que me viu nascer.
É o corte e o movimento dos tecidos que me move. As caudas longas e a fluidez das saias. Gosto de viajar pelo mundo à procura de fornecedores fora da caixa e das rendas mais originais. Quem trabalha comigo sabe que vivo tudo muito intensamente e que aqui andamos sempre a abrir!